Veja se a Blefaroplastia ou cirurgia das pálpebras é recomendada para o seu caso

Blefaroplastia

A Blefaroplastia é uma cirurgia realizada na região dos olhos. Está área do rosto, é uma das primeiras a apresentarem sintomas do fotoenvelhecimento.

Por ser uma parte do corpo que fica exposta o tempo todo, a preocupação em manter o rosto com aparência saudável e jovem é muito comum.

O olhar é parte importante do nosso conjunto facial, em boa parte das situações, é através dele que nos expressamos e a constante movimentação da região também acentua a aparição de linhas de expressão com o passar do tempo.

Além dos fatores naturais como ação do sol e do tempo, existem também os fatores hereditários que causam em determinados indivíduos uma perda de elasticidade maior.

Também conhecida como cirurgia de pálpebra, a blefaroplastia é uma cirurgia plástica com objetivo de melhorar a aparência das pálpebras tanto superiores quanto inferiores dos olhos. O procedimento proporciona rejuvenescimento do olhar dando aparência mais descansada e jovial.

 

Objetivo de Blefaroplastia

 

Com a realização desta cirurgia é possível remover o excesso das gorduras que se apresenta como inchaço nas pálpebras superiores.

Outra característica apresentada por pacientes que procuram a blefaroplastia são pele frouxa e flacidez demasiada na região superior das pálpebras que criam dobras ou incomodam o contorno natural dos olhos, às vezes até, prejudicando a visão.
Pessoas que tem linhas finas e rugas na região das pálpebras inferiores também podem recorrer a blefaroplastia para amenizar o problema. As popularmente conhecidas como “bolsas” sob os olhos são corrigidas através da cirurgia de blefaroplastia.

 

Cirurgia de Pálpebras para quem é indicada?

 

A cirurgia pode ser realizada por homens e mulheres que estão insatisfeitos com a aparência da região dos olhos. Problema bastante comum em pessoas maduras cuja ação do tempo e do fotoenvelhecimento prejudicaram a elasticidade causando flacidez e excesso de pele na região.

Importante salientar que o tecido e os músculos do local a ser realizado o procedimento precisam se encontrar saudáveis.

Além das expectativas dos pacientes que devem atender a uma meta realista sobre os resultados alcançados com a blefaroplastia.

O resultado sempre irá depender do estado fisiológico do paciente. Indivíduos saudáveis sem patologias ou hábitos que possam prejudicar a cicatrização, como o fumo, ou aumentar o risco da cirurgia como doenças nos olhos (catarata, glaucoma, entre outras complicações oculares graves).

Distúrbios da tireóide, doenças cardiovasculares, pressão alta ou diabetes, por exemplo, também são sintomas que devem ser avaliados previamente para viabilizar a realização da cirurgia.

Como é feita a blefaroplastia

 

O paciente é submetido a anestesia antes do procedimento, para maior comodidade pode ser aplicada a sedação intravenosa ou a anestesia geral.

São feitas incisões em regiões estratégicas com o objetivo de amenizar quaisquer marcas de cicatrizes posteriormente. Geralmente, o cirurgião experiente usará as estruturas naturais da própria pálpebra para esconder estas marcas.

Quando o objetivo da cirurgia é levantar as pálpebras superiores, a incisão é realizada entre as pregas da pálpebra para reposicionar os depósitos de gordura e realizar a remoção do excesso de pele.

A pálpebra inferior pode ser corrigida com uma incisão abaixo da linha inferior dos cílios. Através desta incisão, é removido o excesso de pele. A incisão transconjuntival, ocultada dentro da pálpebra inferior, também é uma técnica utilizada para corrigir imperfeições da região.

Ao término das correções necessárias é chegado o momento de fechar as incisões feitas. Este processo pode ser realizado com suturas removíveis ou absorvíveis ou adesivos de pele. Também pode ser utilizado um peeling químico ou a laser para remover a coloração escura das pálpebras após a cirurgia.

Os resultados da cirurgia de pálpebras aparecem gradualmente conforme os hematomas e inchaços diminuem.

 

Pós-operatório

 

Após qualquer procedimento cirúrgico é normal a região manipulada apresentar inchaços e variações de cor.

As indicações médicas no período pós-cirúrgico variam de caso para caso, mas é comum a prescrição de uso de pomadas lubrificantes no local, além da realização de compressas frias para diminuição do inchaço.

Os olhos também podem ficar cobertos por curativos durante alguns dias, porém, como já citado, essas recomendações dependem muito do quadro clínico de cada paciente e deve ser avaliada conjuntamente com o cirurgião responsável.

 

Durante as primeiras semanas os olhos podem apresentar, além do inchaço, alguma secura, irritação e variação de cor. O desconforto inicial pode ser amenizado com medicações, uso da pomada e compressas.

É indicado também o uso de óculos de sol quando o paciente se expor a luz do dia e o uso de filtro solar para retardar a ação dos raios solares na pele, prolongando assim os resultados obtidos com a blefaroplastia.

 

Os resultados permanentes só serão apresentados após alguns meses da realização do procedimento.

Em três meses é possível conferir até 80% do resultado definitivo, mas pode levar até um ano para ser visível a nova aparência da região.

Salientando que o nosso corpo, naturalmente, continuará sofrendo com as ações do tempo, sendo assim, não existe cirurgia plástica que irá interromper este processo em definitivo, mas sim, amenizá-lo.

 

Blefaroplastia para Dermatocalaze ou Blefarocalaze

 

A cirurgia de pálpebras também pode ser feita com o objetivo de corrigir problemas de dermarocalaze ou blefarocalaze, que são também sintomas ligados ao envelhecimento.

A dermatocalaze é um excesso de tecido nas pálpebras mais acentuado que ocasiona dobras nas pálpebras. Pode ocorrer tanto na pálpebra superior quanto na inferior e prejudica as funções vitais do olho por causar incômodo, sensação de peso e até perda parcial do campo de visão.

Este problema está relacionado a fatores hereditários ou involucionais e pode ser corrigido com a cirurgia de blefaroplastia.

Antes

 

Depois

 

Dr. Guilherme Bussade

 

O Dr. Guilherme Bussade realiza o procedimento de blefaroplastia no Rio de Janeiro e conta com um espaço especializado. Sua equipe de profissionais está preparada para atender todas as suas dúvidas em relação a cirurgia de pálpebras.

Entre em contato e agende sua consulta.

Endereço:

Rua Visconde de Piraja, 550
Sala 1816
Ipanema, Rio de Janeiro

 

  • Eleve a Autoestima

    A Rinoplastia é a cirurgia mais solicitada e mais discreta para quem deseja mudar algo na região da face.
    Saiba Mais
  • Rinoplastia no Rio de Janeiro

    Saiba onde realizar o procedimento de rinoplastia na cidade do Rio de Janeiro - RJ com um especialista.
    Saiba Mais
  • Experiência

    Dr. Guilherme é especialista em Cirurgia Plástica, principalmente, Rinoplastia, Lifting Facial, Blefaroplastia e Otoplastia.
    Saiba Mais

Tire suas dúvidas!

Tem alguma dúvida? Saiba tudo que precisa sobre o procedimento que deseja realizar.


Tel: (21) 3079 ... VER TELEFONE

Cel: (21) 99873 ... VER WHATSAPP


Email: contato ... VER EMAIL
Rinoplastia
Ficou com dúvidas?
Nos envie uma mensagem e respoderemos prontamente!